cyberpunk_2077_patch_1.3
PC Playstation Xbox

As principais novidades do patch 1.3 de Cyberpunk 2077

Lançado semana passada, o patch 1.3 de Cyberpunk 2077 trouxe um pacotão de novidades. Ele inclui aprimoramentos na jogabilidade, melhora de performance, correção de bugs e alguns itens novos.

Bastante criticado por conta desses bugs e da péssima otimização na época de lançamento (principalmente nos consoles base da geração passada, PS4 e Xbox One), aos poucos o game vai sendo corrigido a cada nova atualização.

atualização_update_cyberpunk_2077
As principais novidades do patch 1.3 de Cyberpunk 2077

Isso torna a experiência muito mais agradável. E claro, permite que sejam mais aproveitadas todas as qualidades que o game tem a oferecer (e que, acredite, não são poucas).

Mas chega de conversa, bora conferir as principais novidades e diferenças do novo patch 1.3 de Cyberpunk 2077?

Novidades do patch 1.3 de Cyberpunk 2077

Ao todo, são mais de 400 atualizações do patch 1.3 de Cyberpunk 2077, segundo a desenvolvedora CD Projeckt Red. Na versão testada pela reportagem em um PS4 Slim, o game apresenta um desempenho mais liso. Ou seja, mais próximo dos 30 FPS. Isso rola tanto em combates com inimigos como ao dirigir veículos no mundo aberto do game.

Outro aspecto percebido é que os “loadings” ficaram um pouco mais longos em relação às versões anteriores. Isso trouxe alguns benefícios como a redução do efeito de “granulado” no aspecto geral do game nos consoles base.

Esse processo causava um certo desconforto em comparação às versões tunadas do game para PC’s e consoles de nova geração. E além de corrigir ele, também está rolando a redução em glitches de carregamento de cenários e NPC’s.

Outra impressão da reportagem é que a IA dos inimigos está aprimorada. Assim, as reações e tempos de resposta são mais rápidos em situações diferentes do game.

Confira mais algumas melhorias:

  • O nível de aproximação do minimapa foi melhorado, facilitando a orientação do jogador;
  • Novo filtro de itens de missão na mochila;
  • Funcionalidade de criação de hack rápido mesmo após fazê-lo e livrar-se dele;
  • É possível usar o elevador enquanto carrega um corpo.
  • Alguns Perks foram fixados e agora funcionam correctamente.
  • Redistribuir Competências: Foi adicionado um botão para redistribuir os seus pontos de vantagem.

Veja também: Como os games estão criando um novo ramo da fotografia

Patch 1.3: Novas DLC’s gratuitas do game

A CD adicionou três itens que podem ser resgatados de forma gratuita. A promessa é que ao longo dos próximos meses mais conteúdos novos sejam lançados. É para ter desde novas skins até veículos e missões extras.

cyberpunk_2077_patch_1.3
As principais novidades do patch 1.3 de Cyberpunk 2077

Veja abaixo as DLC’s grátis do patch 1.3 de Cyberpunk 2077 e como consegui-las no game:

Aparência alternativa de Johnny Silverhand — pode ser ativada em “Configurações” na guia “Conteúdo Adicional”.

Jaqueta deltajock de couro sintético multicamada, Jaqueta punk luminescente — ambos os itens podem ser resgatados no esconderijo do apartamento de V. Você pode fazer isso depois de receber uma mensagem do Viktor após a conclusão da missão Primeira Regra da Afterlife. Elas são de qualidade Rara/Icônica por padrão. As especificações de criação para fabricá-las com uma qualidade superior também serão desbloqueadas.

Archer Quartz “Bandit” — disponível como recompensa ou para compra (dependendo das escolhas do jogador) após a conclusão da missão Encruzilhada. Você irá receber uma mensagem da Dakota ou da Rogue. Se você não recebeu a mensagem, verifique se está na área das Terras Baldias e afaste-se um pouco mais da oficina da Dakota. Também pode levar alguns dias até a Dakota entrar em contato.

Você pode conferir informações sobre novas atualizações do Cyberpunk nesse link.

Veja também: Atualização 1.23 Cyberpunk 2077 melhora performance do jogo

Eaí, curtiu as novidades? Tem jogado Cyberpunk? Deixa seu comentário e sua avaliação abaixo!

0 0 votos
Gostou?
Notifique-me
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários