Call of Duty Warzone: Dicas de Som e furtividade

PC Playstation Xbox

Call of Duty Warzone: Dicas de Som e furtividade

O jogo Call of Duty Warzone suporta Crossplay, está disponível na Steam, PS4 e Xbox One, e ao lado de CSGO, é mais uma grande opção grátis para amantes de games FPS. Há relatos de bugs, como COD Warzone fechando sozinho e também reclamações acerca dos requisitos mínimos, porém isso não tem abalado o enorme sucesso do jogo. Lembrando que você pode baixar Call of Duty Warzone para PC aqui.

O som sempre foi uma arma em Call of Duty, e é mais verdadeiro do que nunca em Modern Warfare.

Nos últimos seis meses, a Infinity Ward introduziu uma nova intimidade na série. No Multiplayer, os mapas do Modern Warfare foram esculpidos com obstáculos que bloqueavam a linha de visão, exigindo que você ouvisse os oponentes.

O Gunfight, o novo modo 2v2 do desenvolvedor, encolheu ainda mais o campo de jogo e empilhou seus mapas com obstruções. A Infinity Ward parecia particularmente interessada em contêineres, por sua capacidade de privar completamente os jogadores de informações visuais. Combatentes inteligentes confiariam nos efeitos mais sutis, principalmente ligados a sonoridade, como os passos, para criar uma imagem dos movimentos inimigos em suas cabeças. Mesmo depois de alguns nerfs que reduziram seus volumes, os passos ainda são uma ferramenta vital na localização de inimigos.

Com Call of Duty Warzone, a questão tem sido se essa escuta atenta poderia se traduzir na vasta expansão do Battle Royale. A enorme escala de Verdansk parecia contrária à nova direção do Modern Warfare, diante da tradição e importância dada a sonoridade e a grande dimensão de Verdansk, a pergunta que surge é: seria possível que o Infinity Ward tivesse desenvolvido o modo simplesmente porque era esperado?

Aquele primeiro vislumbre do avião não tranquilizou nenhum especialista em furtividade. A escassa zona rural da Europa Oriental oferece pouco em termos de cobertura de árvores, e o sol paira às 15h. Pior ainda, uma quantidade ainda maior de prédios altos concede aos franco-atiradores uma visão clara de praticamente qualquer lugar que você escolha aterrar.

E, apesar disso, o COD Warzone ainda oferece mais potencial furtivo do que a maioria de seus gêneros. Apesar da expansão, ele sempre empurra os jogadores para dentro de casas. Em parte, isso se resume apenas às convenções mais básicas das batalhas reais: o poder vem da constante busca de equipamentos, e saques são encontrados em baús escondidos em escadas, quartos e sótãos. Assim, muitos de seus encontros casuais com outros jogadores acontecem dentro e ao redor dos prédios, onde as lições do Gunfight podem ser aplicadas.

Depois, existem os contratos que marcam outros jogadores como recompensas. Como o caçador recebe apenas uma vaga ideia da localização do alvo e a vítima recebe apenas um certo nível de ameaça indicada por uma distância aproximada, eles são uma receita para confrontos furtivos tensos – aproximando os jogadores, deixando um para o outro. As granadas de chamariz parecem criadas especificamente para cenários como esses.

Embora o mapa seja muito grande para ser aprendido, também há potencial para voltar à memória espacial antiga, ele reúne partes dos mapas favoritos anteriores da série – recriando o Broadcast’s Modern Warfare original na estação de TV de Verdansk e reutilizando o layout de Killhouse como área de treinamento de uma base militar local. Esses acenos são frequentes o suficiente para que, se você tiver sorte, possa flanquear silenciosamente.

O Warzone foi criticado por permitir aos jogadores o acesso fácil a carregamentos completos nas estações de compra – incentivando-os a usar suas armas favoritas em vez de se mover pelo mapa, criando conflitos orgânicos. Os contratos terminam rapidamente, eles forçam os jogadores a levantar da barriga e a correr – criando oportunidades para que outros rivais mais calmos apareçam.

A entre passar despercebida e cobrir o solo, é a chave para fazer atiradores furtivos trabalharem em escala. É a mesma dicotomia que faz de Hunt: Showdown uma proposta tão imprevisível e satisfatória, enviando alguns jogadores para o pântano Lousiana em busca do objetivo, enquanto outros se arrastam pelas árvores para roubar o prêmio dos dedos frios do primeiro grupo. Uma vez que o gás começa a fechar em COD: Warzone, até os jogadores mais inteligentes são empurrados para situações que os deixam expostos, garantindo que ninguém possa vencer sem suar a camisa.

O único obstáculo real para Call of Duty Warzone como um jogo furtivo emergente é a armadura. Como o sistema de reaparecimentos competitivos do Gulag, a armadura serve para manter os jogadores em combate por mais tempo, levando a menos reinicializações frustrantes. Mas também diminui a eficácia da furtividade, já que emboscar um inimigo só garante o primeiro golpe, com um colete cheio de armadura, há todas as chances de eles se virarem e rasgarem em pedaços, desfazendo o trabalho duro de atraí-los para uma posição vulnerável.

É emocionante ver um jogo mainstream do Battle Royale se inclinar para a zona cinzenta do conflito, recompensando a paciência tanto quanto a agressão. Aviões sobrevoando não são exatamente uma estratégia sólida em Warzone. Muito pelo contrário, de fato. Não é a carga deles que é o problema, mas o barulho que deixa você surdo aos movimentos do inimigo. Na nova Guerra Moderna, isso é tão bom quanto ser cego.

Edit: Postado antes da quarta atualização do jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *